Posição da AAUA face aos procedimentos de antecipação/mudança do sistema de pagamento da mensalidade da residência Universitária das Laranjeiras

Logo Associação Académica da Universidade dos Açores
A Associação Académica da Universidade dos Açores após uma receção de pedido de apoio por parte de alunos bolseiros deslocados, que se encontram em situação de insuficiência económica para suprir com o estabelecido no que se refere às instruções de antecipação/mudança do sistema de pagamento da mensalidade na Residência Universitária das Laranjeiras, reuniu com a Sra. Diretora dos Serviços de Ação Social da Universidade dos Açores (SASUA), de forma a obter esclarecimentos face à adoção do procedimento desta antecipação/mudança. A AAUA também reuniu com um grupo de alunos que se encontra, conforme explanado, em dificuldade para cumprir com o disposto e, ainda obteve breves esclarecimentos junto da DGES – Direção-Geral do Ensino Superior.  Assim, após terem sido ouvidas todas as partes, expomos que:
 
  1. Compreende-se a necessidade burocrática do cumprimento do exposto, não obstante tal exigir, por parte dos alunos, um esforço financeiro num muito limitado prazo de tempo;
  2. Considera-se o prazo de comunicação do procedimento, por parte do SASUA é manifestamente insuficiente, dando aos alunos apenas 5 dias para cumprir com o pagamento que só teria de ser efetuado até ao início do mês de janeiro, sendo que desses 5 dias apenas 3 foram dias úteis;
  3. Lamenta-se o atraso na informação dada aos alunos, por parte do SASUA, tendo sido dada dia 15 de dezembro, apesar da informação da DGES estar datada a 4 de dezembro;
  4. Lamenta-se que tal situação tenha criado instabilidade junto dos alunos, em especial numa época de avaliações;
  5. Recomenda-se aos alunos visados pelas alterações a exporem os seus casos, individualmente, em particular os de manifesta insuficiência económica, bem como aos agregados familiares que visem mais do que um aluno.
Cabe aos SASUA divulgar junto dos alunos quaisquer novos procedimentos que tenham sido, entretanto, emanados por parte das entidades competentes, sabendo a AAUA, através da DGES que novos procedimentos já foram comunicados, estando em falta a comunicação à comunidade académica por parte da UAc.
 
20.12.2017

Deixe uma resposta